segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Tempo passando

A gente passa metade da vida reclamando e a outra esperando que as coisas mudem ou caiam do céu... cheguei numa fase da vida em que não posso mais pensar desse jeito.
Todas as ilusões sobre um futuro de glória e riqueza vão se perdendo no caminho conforme vamos amadurecendo. E vamos nos contentando em poder dar a volta no final do mês, poder pagar as contas e quem sabe até poder sair uns quinze dias de férias.
É duro, mas é a vida real.
...
Hoje me perguntaram por que eu ajudo animais e não crianças abandonadas. Eu perguntei qual era a instituição que essa pessoa ajudava... ficou tentando se explicar, que não ajudava, mas já que eu gastava tempo auxiliando bichinhos porque não fazia isso com crianças. "- Muito simples, eu disse. Prefiro ajudar os animais do que os seres humanos. É por causa das pessoas que os animais são abandonados, desrespeitados e extintos!"
Não tolero que me questionem quanto a isso.
Vão cuidar de suas próprias vidas!
...
Hoje estou muito sensível. Sei que é TPM. Já chorei umas quinze vezes e estou me emocioando fácil...
Um beijo

MEU GATO FUMAÇA

"Meu gato Fumaça
tem um guizo
no pescoço
Quando acorda
se espreguiça
anda, agita
e soa o guizo
do pescoço
do meu gato

Meu gato Fumaça
não é puro
não tem raça
é mestiço
Tem uma placa
com seu nome
para caso
de sumiço
se ele some
leiam a placa
com o nome
do mestiço
do meu gato

Meu gato Fumaça
não é magro
é roliço
faz bagunça
quando brinca
com o novelo
bate, joga
corre, embola
tropeça, rola
embaraça, enrosca
a lã no pelo
do roliço
do meu gato

Meu gato Fumaça
é uma graça!"

Valéria Aparecida Tarelho

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

=^o^=

Meus Tweets