domingo, 5 de abril de 2009

Assalto

Que susto que eu passei sexta à noite!
Eu quis dar uma de valente e saí duma festa por volta das 23:30, sozinha. Como moro relativamente perto do local, resolvi ir a pé...
Na frente do Hospital onde trabalho ouvi um barulho tipo "bi bi bi", sabem quando criança imita buzina?
Não deu tempo de ver o que era. O cara, um magrelo de bigode ralo, numa bicicleta 3 vezes menor que ele colou em mim e disse: "Passa a grana e o celular..."
E eu tinha tirado o celular da bolsinha e colocado dentro da calça (acho que foi pressentimento!).
Disse para ele levar a bolsinha e ele fez eu abri-la. Viu que não tinha nada de valor e ameaçou: "Se eu encontrar um celular vou te furar!"
Cara, gelei! Pensei que ía me revistar...me fez abrir cada bolso da bolsinha!
Ficou irado e me chamou de "chinelona", saiu pedalando com se nada fosse...
Fiquei ali parada, não sabia se ria ou se chorava de susto...
Movimento na avenida, pois tava calor e era sexta...
Passei o sábado com dor de cabeça pensando que por um celular, certamente para trocar por pedra, a gente não vale M nenhuma para esses caras.
Não importa se tem uma criança te esperando em casa, se você sustenta uma família, ou se é importante para alguém.
O que importa para eles é o vício, o dinheiro para a maldita droga!
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. ai, eu sei bem o que é isso. sofri 2 sequestros. já levaram tb meu celular. a vida da gente não vale nada =(((

    ResponderExcluir
  2. Imagino o drama e o susto. Ainda bem que não houve maiores consequencias. Mas vamos rir um pouco da vida: "Chinelona" é prá matar...o que esse cara tava pensando? Tem que ter mais respeito com as vítimas... (eh,eh)
    (não leve a mal...eu sou assim mesmo...ironizo tudo)

    ResponderExcluir

=^o^=

Meus Tweets