quinta-feira, 4 de junho de 2009

O Diário do Cachorro X O Diário do Gato

O Diário do Cachorro

8:00 AM - Oba, comida de cachorro, minha coisa favorita!

9:30 AM - Um passeio de carro, minha coisa favorita!
9:40 AM - Agora um passeio no parque, minha coisa favorita!
10:30 AM - Fui abraçado e mimado! Minha coisa favorita!
12:00 PM - Biscoitos de leite, minha coisa favorita!
1:00 PM - Brincadeiras no quintal, minha coisa favorita!
3:00 PM - Balancei o rabo, minha coisa favorita!
5:00 PM - Jantar!! Minha coisa favorita!
7:00 PM - Fui jogar bola, minha coisa favorita!
8:00 PM - Uau! Assisti televisão com pessoas, minha coisa favorita!
11:00 PM - Dormindo na cama, minha coisa favorita!

O Diário do Gato

Dia 983 de cárcere. Meus captores continuam me insultando com pequenos e bizarros objetos suspensos.
Eles comem carne fresca, avidamente, enquanto os outros da casa e eu somos alimentados por um tipo de empanado seco. Embora eu deixe bem claro meu desprazer com as refeições, preciso me alimentar para manter-me forte.
A única coisa que me faz continuar é meu sonho de fuga. Em uma tentativa de irritá-los, uma vez vomitei no carpete. Hoje, decaptei um rato e deixei que seu corpo sem cabeça caísse aos pés deles. Eu esperava que essas atitudes despertassem medo em seus corações, desde que claramente desmonstravam minhas habilidades, no entanto, fizeram apenas alguns comentários condecendentes sobre o “grande pequeno caçador” que sou. Bastardos!
Houve uma espécie de reunião com seus cúplices hoje à noite. Fui colocado em confinamento solitário durante todo o encontro. No entanto, pude ouvir barulhos e sentir o cheiro de comida. Ouví por cima que minha prisão era por causa do poder das “alergias”. Preciso aprender o que isso significa e como usar esse poder a meu favor.
Hoje, quase fui bem-sucedido na tentativa de assassinar um dos meus torturadores, quando passei por suas pernas enquanto ele caminhava. Preciso tentar isso novamente amanhã, desta vez no topo da escada.
Estou convencido de que os outros prisioneiros são lacaios e informantes. O cachorro tem privilégios, é libertado com freqüência e parece que está sempre muito ansioso para retornar. É obviamente um retardado.
O passarinho deve ser o informante. Observo sua comunicação com os guardas e tenho certeza que ele fala sobre todos os meus movimentos na casa. Os captores lhe providenciaram uma custódia protegida por uma espécie de cela elevada, portanto está à salvo…
Por enquanto.
Traduzido de um texto anônimo publicado no
Craiglist.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

=^o^=

Meus Tweets