sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Meu filho recém nascido


Meu querido bebezinho,

Prometo cuidar de você sempre, te alimentar de coisas boas, te encher de mimos e carinhos, tentar te ensinar a caminhar pelos caminhos certos, te amar muito.

Agora que você é ainda um nenenzinho, que ainda depende de mim para várias coisas, deixarei que o vento acalme o calor, que os meus braços te embalem o sono, que você vá se alimentando da minha energia renovada e da minha vontade de ver as pessoas em paz e saudáveis.

Quando você já for uma criança, ainda cuidarei para que você não se machuque, darei minha mão para que possas caminhar com segurança, te amarei cada dia mais. Mas meu querido, saiba, quedas são inevitáveis para o aprendizado. Conte comigo para acalmar a dor e secar tuas lágrimas.

Lá pelo mês de maio já serás um adolescente quase adulto, quererás por certo alguma liberdade, mas eu continuarei ao teu lado, firme, como uma mãe zelosa mas não castradora. É natural desta fase da vida que as coisas nem sempre saiam como os pais desejam, mas no final dá tudo certo se a gente continuar unido e amando um ao outro!

Depois virá a vida adulta, onde tudo tem que ser feito com responsabilidade, mas saiba meu menino, que eu estarei sempre com meus braços abertos pois serás sempre meu bebezinho. Não perca nunca a sua jovialidade e alegria. Mesmo adultos tem seu lado criança e esse é o segredo de uma vida feliz!

Quando eu estiver angustiada, solitária, triste ou enraivecida, saiba meu querido, que nunca isso terá a ver com você. Nestas horas poderás fazer o papel de pai, me ninar em seus braços e trazer esperança de dias melhores, pois não existe melhor remédio para qualquer coisa que o passar do tempo.

Lá no final de sua vida, eu ainda estarei, se Deus permitir, ao teu lado. Dizem que não é natural uma mãe enterrar um filho, mas no seu caso você não vai morrer.

Você vai para o lugar onde estão todos os meus outros 36 filhos que também já tiveram sua passagem de 365 dias comigo: o rol dos anos de lembrança e de saudades! E de vocês apenas guardarei os bons momentos, aqueles em que aprendi mais sobre mim e todos que me cercam.

A você meu filho, darei o nome de 2010, Ano do Recomeço!



Primeira imagem daqui!
Segunda imagem - meu brinde!
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. =)
    Parabéns pelo filho Marilia...
    Todos nós temos que refletir assim!
    Amei!
    Bjs
    Erika

    ResponderExcluir

=^o^=

Meus Tweets