segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Ufa, enfim de volta!

Eu adoro passar férias, desopilar, viajar... mas eu tava contando os dias para voltar. Queria ficar essa semana sozinha para me organizar direito para o efetivo início do ano... para dar carinho pros meus felinos (que aliás, não saem de perto de mim!)....
Eu li dois livros do Hemingway - Tempo de Viver, crônicas e reportagens dele para jornais dos anos 20 e Paris é Uma Festa - onde ele conta o seu início como escritor, nos anos 20, em Paris, passando necessidades com sua mulher e filho pequeno Bumby e um gato, F. Puss, que segundo ele cuidava do bebê, como babá perfeito. Transcrevo esta parte aqui:
"Não podíamos contratar amas-secas naquele tempo, e Bumby ficava sozinho em seu berço de grades altas. Isto é, acompanhado apenas de seu amigo, nosso grande e manso gato F. Puss. Muitas pessoas diziam que era perigoso deixar uma criança sozinha com um gato. As mais ignorantes e preconceituosas informavam que os gatos lhe chupariam a respiração, matando-a. Outras, alertavam-nos para o perigo do gato deitar-se em cima do bebê, esmagando-o. Mas F. Puss não nos causava qualquer receio: deitava-se na caminha, ao lado de Bumby, e ficava vigiando a porta com seus grande olhos amarelados, não deixando que alguém se aproximasse enquanto eu e minha mulher estivéssemos fora e Marie, a fémme de ménage, fosse fazer alguma compra. Não podíamos ter uma ama-seca, mas era absolutamente desnecessário: F. Puss exercia essa função."
Não preciso nem comentar que sou fã dele e me encatou saber disso. Um, porque admiro seus livros desde o primeiro que li, O Velho e o Mar. Dois, por ele ter tido uma vida conturbada, ser bipolar e ter se suicidado logo depois da edição de Paris é Uma Festa. Três, por este livro ter vindo da Bru, uma hiper gateira, de São Paulo, que não tive o prazer de conhecer pessoalmente, mas que vive entre os livros que comprei dela aqui comigo.
Agora começarei outro livro dele, chamado "Do Outro Lado do Rio Entre as Árvores", também vindo da Bru.
...
A casa está ajeitada, roupa quase toda lavada, tudo direitinho!!!!! Amo minha casa, essa sensação de estar num lugar que é meu com os meus!
...
Beijins.
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Este trecho é certamente muito lindo...
    Hemingway também disse:
    "Um gato leva a outro."

    Mas os membros da Lista Gatos já sabem disto.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ma, no livro dele AS ILHAS DA CORRENTE, qdo ele fala da ilha de Cuba, entra em cena o gato Boy (Boose) e, como todo gateiro a falar de gatos, é ótimo.
    Bjs
    Cris

    ResponderExcluir
  3. Oi Marilia,sem querer postei um comentário no teu post anterior,sobre etiqueta para gatos,dá uma olhada pq tem uma mensagem importante

    ResponderExcluir
  4. A sua amiga Bru era a Bruxursinha?

    ResponderExcluir
  5. Se tiveres oportunidade, veja o filme Umberto D., de Vittorio De Sica, de 1952. A relação que o velho tem com o seu cão é comovente.

    ResponderExcluir

=^o^=

Meus Tweets