segunda-feira, 16 de março de 2009

Poema para o meu afilhado Expedito

A mamis Cida, apaixonada por ele que escreveu!

Nos Olhos...

Nos olhos de meu gato
Há imagens que esperam...
Há sonhos que não desvendo,
Amores que não entendo,
Encantos tantos,
Quantos!

Nos olhos de meu gato
Tem mistério que não tem fim,
Tem solidão,
Agonia, poesia,
Tristeza, enfim...

Nos olhos de meu gato
O sonho se separa,
A fantasia grita,
A vida se agita,
O mundo pára...
Nos olhos de meu gato
Eu vi...
Só eu vi...
Nos olhos de meu gato...

Cida Sousa
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

=^o^=

Meus Tweets