sexta-feira, 12 de março de 2010

Meu afigato Preto, Preto, Pretinho


A minha comadre Rosi, minha conterrânea, juraaaaaaaaaaaaaaava que não queria mais gatinhos, só os dois primogênitos!!!!
Mas, eis que em sua vida surge um neguinho delicioso, cafunezento, cheio de carinho... não tinha como resistir.

Então pedi que ela me mandasse a história do Pretinho fofo.... leiam e divirtam-se:
"... O Preto foi mais um que apareceu no meu trabalho (já tinha aparecido o Floquinho antes) e vinha sempre que alguém chamava, e comia qualquer coisa que oferecessem pra ele. Aí eu falei com o Alex, pra tentar conseguir uma castração com desconto. Ele conseguiu, lá em Sapiranga.
Numa sexta à noite, peguei a caixinha de transporte, falei com os seguranças da AACD e passei lá para pegar o bonitinho. Ele não quis entrar, mas também não me agrediu, só deu um miado, um fuzz, e depois ficou beeem quietinho a viagem toda.
Lá, deixamos ele isolado, num quarto com banheiro, para não brigar com os gatos do Alex. Quando a gente ia dar comida, ele esperava na porta, e mesmo morrendo de fome, primeiro ele ficava se esfregando nas pernas, dava a barriga, e se enroscava todo, aí ele comia um pouco, e vinha de novo, como que agradecendo pela comida, e ficava se esfregando nas minhas mãos.
Tinha uma colega que queria ele, mas não tinha casa telada, nunca tinha tido gatos, e eu fiquei com o coração na mão. Aí ele veio aqui pra casa, pois tinha uma diarréia que estava demorando a passar. Dei remédio, ração seca, e depois disso tudo, não tive coragem de deixar ele ir embora, pq ele é um "negão" muuuuuuito gostoso e carinhoso, não brigou com ninguem aqui em casa, simplesmente fica na dele, e me faz carinho sempre.
Quando volto depois de um dia de trabalho, é ele que está quase fora do apartamento me esperando, eu abro a porta, e ele está ali, com a cabeça grudada.
Amo esse negão lindo, e a dinda Marilia tem o afilhado negão mais carinhoso e dengoso desse mundo. :) Ele brinca com tudo que aparece, lambe meus cabelos, e até hoje o lugar preferido e pendurado na cabeceira da cama, de onde ele fica puxando meus cabelos e escovando com sua linguinha, delicadamente, como forma de um carinho pra sua mamis...
Ele é o meu terceiro filho gato, mas o primeiro meu e do Alex... os teus, os meus e o NOSSO Preto!!"


Não é uma delícia??????????
Ownnnn! Obrigada Rosi por este presente de madrinhagem!
Beijocas
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Ohhhhhh, que lindo cumadre e amigona! Adorei e o Pretinho também, tá aqui do ladinho agradecendo a dinda maravilhosa que ele tem...
    Aguardamos a visita, sua e da Rafa!!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Ela ( a Rosi) só não contou q ele não foi "adotado" pq eu bati pé e quis ficar com ele por aqui!!!! Abraços Marilia....Alex

    ResponderExcluir

=^o^=

Meus Tweets