quinta-feira, 8 de julho de 2010

Te amo Rafaela!

Hoje cheguei no colégio e fui recebida por um baita sorrisão BANGUELA!
A Rafaela tirou o dente da frente e estava louca para me mostrar.

Minha pequena é a razão do meu viver. Ela é o motivo maior de eu prosseguir na minha caminhada e não consigo pensar em outra razão para minha existência.

Tudo, absolutamente tudo que eu faço, é para garantir que ela tenha uma possibilidade de futuro legal, que possa ter uma boa educação, seja uma menina feliz e uma adulta competente em suas decisões e ações.
Algumas pessoas podem escolher não ter filhos, outras escolhem ter vários. O respeito com as escolhas deve existir, portanto eu , a partir do momento em que me tornei mãe, optei por viver intensamente este papel, até o último de meus dias. E quero ser respeitada por isso.

Desejo que Rafaela tenha a sua vida e que eu possa interferir apenas o suficiente para que ela se sinta segura, mas que seja capaz de fazer suas escolhas e arcar com elas.
Espero que um dia ela se orgulhe de mim, assim como eu, mãe baboba, me orgulho dessa guerreirinha desde que ela era uma sementinha!

Amo você Rafaela, mais do que tudo nessa vida!
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Os filhos são a razão de nosso viver. Tudo o que fazemos é pensando neles. Assim tem sido desde o início dos tempos e assim será. O instinto de preservação da espécie é maior que qualquer aspiração, que qualquer plano, que qualquer desejo que se possa ter na vida. Depois, quando vemos nossos filhos "encaminhados" , até nos damos ao luxo de "descansar" e curtir um pouco mais as delícias da nossa efêmera existência. Mas poderão eles ter 15, 30, 50 anos...e continuarão sendo nossos eternos bebês. Até que um dia termine nossa odisséia pelo planeta e prossigam eles da mesma forma que nós: amando seus filhos e repetindo tudo de novo. C'est la vie... Quem bom que é assim!

    (mas, vá lá: a Rafinha sem dente deve ter ficado muito chique!)

    ResponderExcluir

=^o^=

Meus Tweets